Como receber dividendos em dólar?

Abrindo conta em corretora americana

Quem acompanha o blog sabe do meu anseio por investir no exterior. A diversificação entre países e moedas é de suma importância para um investidor atento às nuances do mercado. Nas palavras de Ray Dalio, "Diversifying well is the most important thing you need to do in order to invest well". 

Venho estudando diversas empresas com ações negociadas no mercado estadunidense há um bom tempo. Consoante a isso, só faltava o primeiro passo: abrir conta em uma corretora americana.

Depois de muita análise optei por abrir conta na Avenue Securities. Apesar de algumas desvantagens em relação a outras corretoras, um grande ponto para a Avenue foi ter a interface e o atendimento em português. Considero meu nível de inglês avançado e não haveria problema em abrir conta em corretoras onde o inglês predomina, contudo, considerei que uma corretora já voltada para o público brasileiro pode facilitar alguns trâmites legais (como transferência de recursos, documentação para IR, etc).

A Avenue foi fundada em 2018 pelo brasileiro Roberto Lee, o mesmo fundador da Clear Corretora. Focada no investidor brasileiro, a empresa possui uma plataforma baseada na DriveWealth, uma importante corretora americana.

O processo de abertura de conta na Avenue é bem similar ao de corretoras brasileiras. Todo o processo envolve nada além dos dados pessoais, dados de contato e financeiros. Após essa fase, seus dados são verificados em questão de minutos e a plataforma já estará aberta.

A plataforma de operações também possui uma interface intuitiva, onde além da visualização em grande, também é possível verificar em lista os ativos os quais você está acompanhando. 

Ao clicar em determinada empresa, algumas funções úteis na tomada de decisão do investidor são abertas. Além do índice de outperform, outros índices fundamentalistas aparecem logo abaixo. Ainda, há o fácil acesso a notícias, gráficos, recomendações e relatórios. 

A abertura de conta foi o incentivo que faltava para o início de minhas operações nos EUA. Agora é só transferir os recursos, realizar o câmbio e começar a operar. Em virtude da necessidade de capital planejo o início de minhas operações em Setembro!

Dicas e sugestões sobre investimentos internacionais são bem-vindas!

Um forte abraço a todos.

Comentários

  1. Olá, também tenho conta lá, mas ainda não comecei investir, só estudando também.

    Acho que ano que vem vou aportar alguma coisa, só para fins didáticos mesmo, preciso aprender como funciona, e lá por 2022 ou 2023 começar aportar um pouco mais forte.

    Abs

    ResponderExcluir

Postar um comentário