Como receber dividendos em dólar?

Criptos: a inserção na B3

Os investidores mais atentos ao mercado de criptomoedas já sabem da inserção do primeiro ETF de criptomoedas no mercado brasileiro. O Hashdex Nasdaq Crypto Index Fundo de Índice estará disponível a todos os investidores a partir do dia 22/04/2021 sob o ticker HASH11.

Mas antes, vamos entender do que se trata esse fundo de índice.

Já falamos aqui no blog sobre o que são os ETFs e como eles funcionam, nesse post. Tendo isso em vista, o fundo da gestora Hashdex irá replicar a Nasdaq Crypto Index (NCI), índice desenvolvido pela própria gestora em parceria com a Nasdaq. 

Composição do índice

Como podemos observar, o fundo é composto majoritariamente por Bitcoin, seguido por outras criptomoedas. O objetivo do ETF é em dar visibilidade e acesso fácil ao mercado cripto ao investidor de varejo, já que as únicas opções atualmente são em comprar através das exchanges especializadas ou através de fundos. O ETF possui taxa de administração de 0,3% ao ano (1,3% a.a. considerando o fundo de índice alvo).

Vale ressaltar que os fundos disponíveis e que possuem exposição à criptomoedas geralmente contam com grande parcela de seu patrimônio líquido em ativos mais seguros, como títulos públicos federais, e uma pequena parcela em cripto.

Até o dia 09/04/2021, sexta-feira, ainda dá tempo de participar da primeira emissão de cotas do fundo através das corretoras autorizadas, como Genial Investimentos, Itaú e BTG.

Mais informações sobre o ETF podem serem encontradas nesse link.

E aí, você acha que o ETF HASH11 é uma boa opção para o investidor se expor a criptomoedas?

Já nos segue no Instagram? Conteúdo DIÁRIO sobre finanças, empreendedorismo e negócios. @odiariodevalor

Comentários

  1. Interessante, é um bom sinal para o nosso mercado isso, mas pessoalmente eu tenho um grande pé atrás com alt coins e vou ter ainda mais com etfs disso!!
    Acho que vai ser bem útil para quem queria alocar na carteira mas não queria ter o ativo em si diretamente e ao mesmo tempo não precisar ir buscar opções no exterior pra isso.

    Conheça: odelfosoraculo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eric
    É um passo interessante para o investidor brasileiro que deseje se expor ao mercado cripto. Também acaba sendo uma excelente forma de diversificação.

    Abraços!

    ResponderExcluir

Postar um comentário