Como receber dividendos em dólar?

Receber dividendos em real e viver o sonho da renda passiva é o desejo de muitos brasileiros. Contudo, há algo ainda melhor do que isso: receber dividendos em dólar. O dólar americano é a principal moeda em circulação no mundo. Moeda oficial dos Estado Unidos, é amplamente aceito e utilizado nas principais relações comerciais.

Para efeitos de comparação, o real foi uma das moedas que mais perderam valor em relação ao dólar recentemente. Isso demonstra a importância em mantermos uma carteira sólida e diversificadas com empresas no exterior, historicamente mais eficientes do que as empresas brasileiras.


Essa postagem não se refere especificamente sobre a perda de valor monetário de nossa moeda, mas sim dos benefícios da diversificação geográfica. Para irmos direto ao ponto, primeiramente devemos entender como abrir conta em corretora estrangeira para recebermos dividendos em dólares. Como este não é o tema do texto de hoje, deixo nesse link uma outra postagem sobre o assunto.

Mas então, como receber dividendos em dólares?

Após a abertura de sua conta em uma corretora estrangeira você deverá iniciar seus estudos a partir de empresas que paguem dividendos. De forma sucinta, há três grandes maneiras de receber dividendos em dólar: investindo em stocks (ações), REIT's e ETF's.

  • Stocks
As stocks nada mais são do que as ações de empresas negociadas no mercado americano. Assim como no Brasil, há empresas as quais distribuem um percentual maior de seu lucro aos acionistas e outras, no entanto, que não distribuem por optarem em investir no próprio negócio. 


Grande parte das maiores empresas com ações negociadas na bolsa americana possuem programas de distribuição de seus lucros aos acionistas. Empresas como 3M, Exxon Mobil, Chevron, AT&T, JPMorgan e Bank Of America são companhias com um histórico crescente na distribuição de lucros. No entanto, empresas de forte crescimento como Apple e Tesla não possuem políticas frequentes de distribuição.

Um site interesantíssimo para visualização das próximas pagadoras de dividendos é o https://dividendstocks.cash ou o brasileiro https://statusinvest.com.br, o qual lançou recentemente uma versão para visualização de empresas americanas.

  • REIT'S
Os REIT's são comumente comparados aos Fundos de Investimento Imobiliários (FII's) os quais dispomos para negocição na Bolsa de Valores de São Paulo. Contudo, existem algumas particularidades neste investimento em imóveis nos Estados Unidos.

Para se qualificar como um REIT, a empresa deve possuir a maior parte de seus ativos e rendimentos ao investimento em imóveis e distribuir 90% de seu lucro tributável aos acionistas (nos FII's é 95%). A dinâmica funciona basicamente da mesma maneira, embora hajam diferenças na estrutura dos fundos imobiliários americanos.

Assim como os FII's, os REIT's também estão vinculados a questões do mercado imobiliário e ao ambiente macro. Para o recebimento de dividendos, há REIT's que também distribuem seus lucros mensalmente. A lista a seguir elenca alguns REIT's para estudo:

  • AMT - American Tower Corporation
  • PLD - Prologis, Inc.
  • CCI - Crown Castle International Corp
  • EQIX - Equinix, Inc.
Como pode-se observar, os REIT's funcionam com o nome da empresa gestora do ativo. Grande parte dos REIT's mais negociados estão inclusos em ETF's de REIT's, como o VNQ por exemplo.

  • ETF'S

O recebimento de dividendos em dólares através de ETF's também é um método extremamente válido para diversos investidores. Os ETF's são fundos listados em bolsa que replicam determinado índice do mercado. Explicamos de forma breve o funcionamento deste tipo de fundo neste post

Através do investimento em ETF's que pagam dividendos, o investidor estará exposto a variação dos ativos contidos no ETF e receberá dividendos em dólar de acordo com a frequência de pagamentos estipulada pelo gestor.

Na lista a seguir encontram-se alguns ETF's que pagam dividendos para estudo. Não são recomendações de compra.

  • VNQ - Vanguard Real Estate ETF - Empresas proprietária de imóves nos EUA (REIT's);
  • VYM - Vanguard High Dividend Yield ETF - Empresas com alto DY;
  • NOBL - ProShares S&P 500 Dividend Aristocrats ETF - Empresas que pagam dividendos crescente há no mínimo 25 anos;
  • VNQI - Empresas proprietária de imóves fora dos EUA;
  • SCHD - Schwab U.S. Dividend Equity ETF - As 100 maiores empresas que pagam dividendos;
  • VIG - Vanguard Dividend Appreciation ETF - Empresas que aumentaram seus dividendos em no mínimo 10 anos consecutivos;
  • SDY - SPDR S&P Dividend ETF - Empresas do S&P 1500 que aumentaram seus dividendos em no mínimo 20 anos consecutivos.
Deste modo, conseguimos verificar que existem diversas maneiras de potencializar seus ganhos em dólar a partir do investimento no exterior. A periodicidade no recebimento de dividendos dependerá da política de distribuição das empresas ou fundos, não sendo uma regra a distribuição mensal. 

Para o investidor, é válido compor uma carteira com as três classes de ativou ou apenas com ETF's, que podem replicar fielmente uma carteira bem administrada e com ativos de alta qualidade.

Você já recebe dividendos em dólar? Comenta aqui no post!

Comentários

Postar um comentário